Chatbot: o que é, como criar e quais são os benefícios

Ferramenta utiliza inteligência artificial para conversar com os usuários como se fosse um ser humano. Saiba mais sobre o chatbot a seguir.

O uso de chatbot como estratégia de relacionamento e atendimento se tornou quase viral nos últimos anos. Afinal, essa é uma ótima ferramenta para melhorar a captação de leads e automatizar a sua empresa por excelente custo-benefício.

Quer saber o que é um chatbot e quais os benefícios de utilizá-lo em seu negócio? Então acompanhe o artigo a seguir!

O que é um chatbot?

Se você ainda não conhece essa ferramenta, vamos entender melhor o que é um chatbot. A princípio, esse tipo de recurso utiliza a inteligência artificial para conversar com os usuários em sites, aplicativos e até mesmo redes sociais como se fosse um ser humano.

Ou seja, você utiliza o programa de computador como um assistente de atendimento. Nesse sentido, ele responde algumas dúvidas dos seus clientes através de mensagens que são automatizadas. Caso ele não encontre a resposta, poderá encaminhar para o atendimento “humano”, por exemplo.

Digamos que você tem um e-commerce e alguém pergunta sobre o valor da entrega. Como essa é uma questão comum entre os usuários, você pode programar o chatbot para encaminhar a pessoa para a simulação do frete.

É claro que esse é um mero exemplo de como os chatbots funcionam e de como podem ajudar a sua empresa a economizar tempo e dinheiro. Contudo, cabe ressaltar que você pode personalizar o recurso para atender as necessidades do seu negócio. Por meio dele você faz um atendimento mais ágil e sem dúvida melhora a satisfação do cliente com a sua marca.

5 benefícios de usar chatbot no seu negócio

Chatbot: o que é, como criar e quais são os benefícios 1
Redução de custos, produtividade e engajamento são apenas alguns benefícios dos chatbots

Redução de custos, produtividade e engajamento são apenas alguns benefícios dos chats online

1. Aumenta a captação de leads

Embora nem todos se utilizem desse tipo de vantagem em um chatbot, ela é real e pode ser explorada. E como isso acontece? Conforme o chat vai envolvendo o visitante de forma estratégica e registrando os interesses dele por meio de palavras, ele se torna então uma excelente base de dados para você usar em suas estratégias de marketing digital.

A partir do histórico de conversas do visitante com a ferramenta, você pode posteriormente transformá-lo em um lead por meio de conteúdos relevantes para ele. Você pode, inclusive, integrar o chat ao envio de e-mail para que ele receba todas as informações do produto que procura, por exemplo.

Além dessas opções, você pode ainda usar as palavras usadas por ele no chat e investir no marketing de conteúdo, por meio de blogs, por exemplo.

2. Melhora o atendimento ao cliente

De fato, ter uma equipe grande e exclusiva para SAC nem sempre é possível, principalmente em empresas que estão começando no mercado.

Entretanto, esse é um setor indispensável em qualquer empresa que queira se destacar frente à concorrência. Por isso é importante enxergar o chatbot como uma alternativa de excelente custo-benefício para oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes.

Afinal de contas, essa ferramenta diminui o tempo de espera do atendimento, bem como evita que se sobrecarregue a equipe respondendo perguntas com frases lógicas que podem ser interpretadas pelo robô.

Quando surgir um tema mais complexo, o robô pode então encaminhar para o atendimento de uma pessoa. Do contrário, ele mesmo poderá atender essa demanda, registrar reclamações e conversar com o seu cliente.

3. Reduz os custos operacionais da empresa

Nesse momento você já deve ter percebido que o chatbot ajuda a diminuir custo. De acordo com a IBM, os robôs conversacionais geram uma economia de até 30% com atendimento ao cliente. Isso é possível não apenas porque reduz a necessidade de uma pessoa respondendo o seu cliente, mas também por outras razões.

Graças ao chatbot a equipe gasta menos tempo com ligações, por exemplo, o que também diminui custos. Por outro lado, você poderá oferecer um atendimento de qualidade 24h por dia, o que certamente vai contribuir para melhorar a experiência do cliente com a sua organização. E tudo isso, claro, sem uma equipe dedicada para isso.

4. Um chatbot também aumenta o engajamento do consumidor com a marca

Ademais, por permitir respostas rápidas, o chatbot aumenta consideravelmente o engajamento do consumidor com a sua empresa. Além disso, o robô também tem o potencial de alcançar o seu público-alvo onde ele está, o que é muito positivo.

Além disso, tenha em mente que a maioria das pessoas não gosta de ser incomodado por telefone e nesse sentido, um robô conversacional pode ser muito útil. Afinal, ele permite que você divulgue seu produto ou serviço de maneira estratégica por meio de canais como Facebook, Instagram e WhatsApp, por exemplo.

De acordo com o site eMarketer, cerca de 29% dos consumidores dizem que preferem ser atendidos por chat online ou por meio de aplicativos de mensagens. Portanto, oferecer essa opção aos seus leads e clientes pode contribuir alavancar as vendas da sua empresa.

5. E pode diminuir o nível de inadimplência na empresa

E conforme mencionamos anteriormente, grande parte das pessoas não gosta de ser incomodada por ligações telefônicas. Então, como cobrar clientes inadimplentes? Nesse caso, você pode usar a tecnologia a favor das suas finanças e apostar no uso do chatbot.

Aliás, essa é mais uma situação em que a sua empresa pode utilizar o robô, fazer cobranças automatizadas. Por meio dele, você pode conversar com o cliente, negociar juros, taxas, prazos e demais condições de pagamento e ainda enviar o boleto bancário pela própria ferramenta ou por e-mail.

Como criar um chatbot?

Apesar de parecer difícil, criar um robô conversacional é mais simples do que parece. Confira a seguir o passo a passo:

  • Em primeiro lugar, defina o perfil do público que você deseja atender;
  • Logo depois, você precisa pensar no objetivo do chat online, se é para gerar leads, vender produtos ou serviços ou ainda, funcionar como pós-venda;
  • Na sequência, você deve escolher o canal do atendimento. Nesse caso, a conversa automatizada pode ser oferecida pelo Facebook Messenger, WhatsApp, site ou blog;
  • Depois disso, você precisa escolher a plataforma ideal para criar o seu chatbot. ManyChat, AgentBot e Rebot.me são apenas algumas delas;
  • Na próxima etapa, escreva as possíveis perguntas e respostas com base no seu público-alvo e no tipo de produto ou serviço que você oferece;
  • Por fim, configure as mensagens na plataforma, sempre testando tudo antes de lançar.

Conforme você pode perceber, o grande diferencial do chatbot é atender o cliente com respostas rápidas e precisas sobre o que ele precisa. Contudo, para ter sucesso com essa estratégia é preciso ajuda profissional.

Por isso, conte com a Agência Animame para automatizar o atendimento entre a sua empresa com o seu cliente. Somos especialistas em planejamento, estratégia, ações de inbound, automação entre outras soluções digitais para o seu negócio. Solicite hoje mesmo um orçamento personalizado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

Animame Serviços para Negócios Digitais Ltda | 24.437.608/0001-46
© 2015 - 2021 Todos os direitos reservados

A Animame é uma produtora de vídeo certificada pela Ancine.

A Animame é uma produtora de vídeo registrada na Ancine